NOTÍCIAS

Associados do Rio de Janeiro lotam reunião com o presidente da Cassi

OUTRAS | Sede Social

9 de agosto de 2019

Mais de 400 associados – entre aposentados, funcionários da ativa e pensionistas –  lotaram o salão da AABB – Lagoa, no Rio de Janeiro, para a apresentação da Cassi nesta sexta-feira, 9.8.

O presidente da Caixa de Assistência, Dênis Corrêa, apresentou o resultado e o cenário da Instituição para os próximos meses e esclareceu dúvidas sobre o papel da direção fiscal instaurada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Na primeira parte da apresentação, Dênis foi enfático em declarar que com superávit de R$ 82 milhões na prévia do primeiro semestre, a Cassi tende a manter resultados positivos nos próximos meses, ainda que em valores menores. Ele explicou que os superávits obtidos refletem ações de gestão para reduzir despesas assistenciais. Mas essas medidas têm efeito limitado e são insuficientes para o equilíbrio econômico-financeiro da Caixa de Assistência. Além disso, a partir de janeiro, a Cassi sofrerá com a redução de aproximadamente R$ 50 milhões por mês, pelo fim da contribuição extraordinária dos associados e do ressarcimento extraordinário do Banco do Brasil que estão em vigor até dezembro de 2019. Sem a entrada de novas receitas – possível somente com mudança de custeio aprovada mediante reforma estatutária – e considerando a inflação saúde, as despesas assistenciais voltarão a superar as receitas.

A presidente da AAFBB, Loreni de Senger, que vem acompanhando todo processo para sustentabilidade da Cassi, como membro da Mesa de Negociação, assistiu a apresentação no Rio, com dirigentes da entidade, e realçou a qualidade da apresentação, que classificou como técnica, objetiva e muito esclarecedora. “Mais uma vez, venho reforçar junto aos associados da Cassi, a necessidade de encontramos um ponto de equilíbrio entre Associados/Patrocinador, de forma a realizarmos as mudanças necessárias para salvar nossa Cassi.”

Na parte final do encontro, Dênis esclareceu dúvidas e respondeu às perguntas encaminhadas pelos associados. A maioria dos questionamentos foram sobre a coparticipação, direção fiscal, fim da contribuição extraordinária firmada no Memorando de Entendimentos e o futuro da Cassi.

Em todas as reuniões realizadas até agora, a AAFBB tem incentivado a presença de seus associados como forma de garantir representatividade e participação de nossa entidade na construção de alternativas que viabilizem a perenidade da Cassi.

Os próximos encontros acontecerão em Porto Alegre e Curitiba nos dias 12 e 13 de agosto, respectivamente.

VEJA TAMBÉM