Aposentadoria: um processo ou uma decisão?

28 de setembro de 2018

Wilson de Menezes Cyrillo
Pensar no planejamento da aposentadoria não é um hábito comum para os brasileiros, que estão sempre ligados aos momentos que vivem no presente.
Mas a preocupação com o amanhã se mostra cada vez mais importante para os que veem a estabilidade financeira como um objetivo de vida.
Como será a rotina após tantos anos de trabalho e dedicação? De que forma esse momento de descanso poderá ser melhor aproveitado?
Esses e muitos outros questionamentos relacionados ao futuro são essenciais para começarmos a repensar nossas ações agora.
Por isso, ao longo deste artigo, vamos refletir sobre como o planejamento da aposentadoria é uma etapa fundamental para quem deseja chegar à terceira idade com qualidade de vida. Confira!
Segundo o Informe da Previdência Social (2015), a população brasileira está em um constante processo de envelhecimento causado pelo aumento da expectativa de vida no país.
Tabela_Cyrillo_60anos_Populacao_2020
Fonte: Informe de Previdência Social. V. 27, n. 2, fev. 2015.
Na tabela acima, os Censos Demográficos e de projeção da população, realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentam o crescimento na proporção da população idosa.
Em 2020, por exemplo, é esperado que 11,1% da população masculina e 14% da feminina sejam compostas por pessoas com mais de 60 anos.
Quando pensamos nessa questão, vêm à mente perguntas relacionadas à aposentadoria e à forma como os brasileiros enxergam a “recompensa” que recebem por muitos anos de trabalho e contribuição.
Quanto você precisará para se manter em um futuro no qual a população idosa aumenta a cada ano? Como terá independência financeira e preservará o seu nível de vida atual?
A reforma da Previdência Social seria suficiente para sanar todos os problemas relacionados à crise de aposentadoria no Brasil?
Diante de um cenário que está em transição, abre-se uma porta para que o trabalhador não pense só no presente, mas também na qualidade de vida que deseja para seu futuro.
Para quem quer viver uma velhice tranquila e sem depender apenas do retorno da contribuição, é preciso focar na independência financeira e no planejamento da aposentadoria.
Afinal, essa é uma fase da vida em que mudamos completamente nossas rotinas e precisamos nos adaptar a uma nova realidade.
Segundo Matta e Victoria (2015), Robert Atchley, um dos mais renomados especialistas em gerontologia do mundo, dividiu a aposentadoria em seis fases.
Esse novo caminho se inicia na pré-aposentadoria, momento em que se começamos a fazer planos para uma nova etapa de vida.
Em seguida, há o momento da aposentadoria, no qual o recém-aposentado deixa a vida profissional, podendo experimentar uma sensação de vazio e isolamento.
Posteriormente, o aposentado começa a executar projetos ou atividades para os quais não possuía tempo antes, caracterizando esse período como uma “lua de mel”.
Logo em seguida, na quarta fase, acontece o desencantamento ou a sensação de não saber o que fazer com o próprio tempo.
Com a superação dessa etapa, há a reorientação e a adaptação à nova realidade da aposentadoria para tornar esse período mais satisfatório.
Por fim, chega-se à última fase: a rotina. Aqui, todas as pendências foram resolvidas e novos hábitos são estabelecidos para o dia a dia do aposentado.
Dessa forma, pode-se perceber que a aposentadoria não é uma decisão simples que tomamos de um dia para o outro. Trata-se de um processo que envolve muita preparação e, é claro, vontade de agir.
O que o planejamento da aposentadoria pode oferecer para o meu futuro?
Podemos perceber que o processo de planejamento da aposentadoria é muito mais complexo do que imaginamos e não um simples desejo de parar de trabalhar.
“Como ficará a minha vida?” ou “há como trabalhar essa situação?” são questionamentos comuns que surgem para quem deseja envelhecer de forma despreocupada e saudável.
Nesses casos, o Coaching de Career pode ajudar bastante a fazer um planejamento para os próximos 20, 30 ou 40 anos, mesmo que você ainda esteja apenas começando a buscar seu primeiro emprego.
A questão fundamental dessa reflexão é criar o hábito de agir, focando nos vários objetivos que deseja atingir, na independência financeira e na busca por qualidade de vida.
Quando você começa a pensar a longo prazo, há a possibilidade de refletir sobre as consequências que as suas decisões podem gerar para o futuro.
Dessa forma, o planejamento da aposentadoria permite que você projete a sua carreira de modo a alcançar cada meta profissional e pessoal.
Mais que isso, também faz com que você consiga se organizar financeiramente para garantir todo o conforto de uma aposentadoria saudável.
O processo, como foi mostrado aqui, não é fácil. Contudo, as recompensas adquiridas por meio dele serão capazes de transformar a sua vida e garantir tranquilidade ao longo de muitos anos.
Porém, é importante lembrar: o pensamento está voltado para o futuro, mas a ação precisa começar no presente.
Para quem busca pelo planejamento da aposentadoria, vale a pena conferir o meu capítulo no livro “Liberte seu poder 360º”: “Aposentadoria e coaching”!

Wilson de Menezes Cyrillo é formado em economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e pós-graduado em Engenharia Econômica, Marketing, Recursos Humanos e Gestão Estratégica de Serviços. Foi Educador Corporativo da Universidade do Banco do Brasil por mais de 20 anos, ministrando treinamentos e palestras. Atualmente é Master Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching nas áreas de Gestão de Carreira, Psicologia Positiva, Executive Coach, Mentoring e MBA One Day.

Confira a página de blog do autor: http://cyrillocoach.com.br/blog/