Planejamento é a chave para começar bem 2021

13 de janeiro de 2021

A chegada de um novo ano sempre nos traz o desejo de realizar novos projetos, planejar o futuro e alcançar aquele tão sonhado objetivo. Mas para isso, uma coisa é essencial: colocar as contas em dia. E aí surge a dúvida, como se organizar?

O importante é reavaliar as necessidades e fazer planejamentos de prazos mais curtos e, portanto, mais fáceis de serem revistos e  adequados. 

Organize-se com algo que possa alcançar, com números reais e expectativas que possam equacionar, caso alguns pontos não saiam como programado, podendo mudar e continuar a expectativa de crescimento.

Confira algumas dicas para acertar no planejamento e começar 2021 com tudo!

1) Faça um balanço financeiro

Para ter uma boa noção sobre sua situação atual, leia as faturas do cartão e os extratos da conta dos últimos cinco meses. Você entenderá melhor as suas principais despesas e, o melhor, encontrará custos para cortar.

Para ajudar a colocar as contas em ordem, recorra às planilhas e aplicativos de finanças. Seja pelo computador ou pelo celular, são ótimas ferramentas para manter o controle do seu orçamento e decidir quais ajustes podem ser feitos.

2) Corte os chamados “gastos invisíveis”

Se você não tem prestado atenção na fatura do seu cartão de crédito, é possível que um efeito da quarentena de 2020 tenha passado despercebido: multiplicaram-se as assinaturas de serviços de streaming, mensalidades de aplicativos de academia e delivery de compras. Custos que, sozinhos, parecem pequenos mas que podem ir se somando a outros gastos recorrentes e automáticos (e muitas vezes desnecessários) e, no fim do mês, complicar o orçamento.

3) Crie sua reserva de emergência

Imprevistos e emergências acontecem, mas estar preparado para lidar com esses momentos pode fazer toda diferença. Procure se organizar para, aos poucos, separar uma reserva de emergência. Assim, se houver uma urgência, você poderá evitar adquirir novas dívidas e também, se poupar de muito estresse emocional que pode, inclusive, levar a atitudes imediatistas que podem acabar comprometendo o futuro.

4) Controle seu dinheiro 

A disciplina e o uso consciente do seu dinheiro e do crédito a que tem acesso é a chave para manter as contas em dia, durante o ano todo ou de um ciclo para o outro. Com um gerenciamento cuidadoso, o dinheiro não te controlará nem será um obstáculo para os seus planos. Lidar com as finanças é aprender também a ter controle emocional.