NOTÍCIAS

Prefeitura do Rio e governo do estado prorrogam medidas de isolamento

Notícias | Sede Social

30 de abril de 2020

A prefeitura do Rio e o governo do estado prorrogam as medidas de isolamento social. O prefeito Marcelo Crivella determinou que as restrições no município seguem até o dia 15 de maio. Já o governador Wilson Witzel publicou no Diário Oficial que as proibições se estendem até 11 de maio.

As medidas suspendem aulas presenciais em todos os níveis de ensino, mantém o comércio fechado, como shoppings e lojas de rua, e proíbem aglomerações, como banho de mar nas praias e festas. Restaurantes só podem funcionar para a retirada em balcão ou para entregas. Bares também não podem permitir o consumo de bebidas no local.

No Município do Rio de Janeiro, é obrigatório o uso de máscaras na rua, com a ressalva de que apenas serviços considerados essenciais podem funcionar. Caso a curva de óbitos continuar a subir, não está descartada medidas de isolamento social mais rígidas.

Veja quais são os serviços considerados essenciais, respeitando escala de horários, a fim de evitar aglomerações nos transportes.
• Indústrias: das 7h às 21h
• Padarias e confeitarias – das 5h às 20h
• Farmácias – das 7h às 22h
• Aviários, açougues, peixarias e hortifrutis – das 7h30 às 19h30
• Hipermercados, supermercados, mercados e mercearias – das 8h às 21h
• Distribuidoras – das 6h30 às 18h30
• Depósitos – das 6h30 às 21h
• Lojas de conveniência – das 8h às 20h
• Postos de combustíveis – sem restrição
• Lojas de conveniência (fora de postos de combustíveis) – das 10h às 18h
• Agências bancárias e casas lotéricas – das 10h às 16h
• Petshops, medicamentos veterinários e comércio para consumo agrícola – das 10h às 16h
• Estabelecimentos com serviço de entrega (delivery) – das 10h às 16h
• Comércio de gás e lavanderias – das 11h às 20h
• Comércio de materiais de construção – das 8h30 às 18h
• Transportadoras e abastecimento – sem restrição
Atividades que podem funcionar como drive thru: – das 12h às 24h

As medidas no estado
Estão suspensos:

• Banhos de mar e festas;
• Aulas nas unidades da rede pública e privada de ensino, inclusive nas unidades de ensino superior;
• Comícios, passeatas e carreatas;
• Jogos de futebol e demais eventos desportivos;
• Sessões de cinema e de teatro;
• Shows;
• Eventos em salão ou casa de festas, como aniversários;
• Feiras e eventos científicos;
• Visitação a unidades prisionais;
• Visitação a pacientes diagnosticados com o Covid-19.
• Restrições nos transportes:

Redução de 50% da frota e ônibus, barcas, trens e metrô;
Suspensão do passe livre.

VEJA TAMBÉM